Universo Hanna-Barbera | Confira nossa resenha de Os Flintstones Vol. 2

Neste volume escrito por Mark Russell e desenhado por Steve Pugh, Bedrock foi invadida por alienígenas que desejam estudar a raça humana, assim como seus hábitos e interesses e fazer anotações sobre eles para seus superiores. Em contrapartida Vilma continua buscando um emprego para se tornar uma grande artista, mas sem sucesso e Fred enfrenta alguns problemas na pedreira e, principalmente, com o senhor Pedregulho, fazendo com ele se questione se a civilização realmente foi uma boa ideia, visto que alguns seres-humanos não sabem conviver entre si e cometem inúmeras injustiças em seus julgamentos.

Roteiro: Mark Russell

Desenhos: Steve Pugh, Rick Leonardi

Cores: Chris Chuckry

Tradução: Eric Novello, Mariana Naime, Levi Trindade

Letras: Germana Viana

Editores: Mariana Naime

Número de páginas: 164

Editora: Panini

Volume: 2

Preço de capa: R$ 24,90

Minha Avaliação: ★★★★★

 

Assim como o primeiro volume, o Vol. 2 de Os Flintstones é excelente e traz duras críticas as religiões e a forma robótica e cega que a população as segue, além disso, traz alguns questionamentos sobre a exploração no trabalho e os direitos trabalhistas que todas as pessoas na sociedade deveriam ter acesso.

Este segundo volume aproxima ainda mais o leitor, pois mostra situações que estão presentes em nossas vidas atualmente. Um exemplo forte desta aproximação com a realidade está na substituição de funcionários na Pedreira. Fred e os demais funcionários da organização são demitidos e substituídos por humanos com inteligência inferior as suas, apresentando um corte de custo considerável ao senhor Pedregulho, pois são menos exigentes que seus antigos operários. Diante desta situação, tudo o que Fred precisa é do apoio de seus familiares e amigos.

Vilma por sua vez também enfrenta dificuldades de trabalho, no caso a dificuldade de encontrar um e se estabilizar como uma artista ao vender suas pinturas.

Muitas outras questões são abordadas nesta edição e eu realmente recomendo muito a leitura desta série, ela é com certeza a melhor publicação que estou lendo no ano. Com críticas sociais e políticas bem elaboradas, carga dramática e um humor refinado, Os Flinstones é a obra que você deveria estar lendo!

A edição da Panini segue o padrão das edições em formado americano, com capa cartão, lombada quadrada e papel LWC. A série de Os Flintstones ainda está em publicação nos EUA, então podemos esperar os próximos volumes serem publicados pela Panini.

 

Sobre o Autor

Mark Russell é um autor, escritor e cartunista de quadrinhos americano nascido em 1971. Mark é conhecido por seus trabalhos em God is disappointed in you, Apocrypha Now e por seu recente trabalho para a DC Comics na série The Flintstones. Em 2017 anunciou o quadrinho da Hanna-Barbera do personagem Snagglepuss, conhecido no Brasil como Leão da Montanha.

 

Sobre o Ilustrador

Steve Pugh é um artista de quadrinhos britânico nascido em 24 de março de 1966 em Birmingham. Trabalhou para as editoras DC Comics, Marvel Comics, Dark Horse e para a revista inglesa de ficção cientifica 2000 AD. Atualmente trabalha para a DC Comics na série The Flintstones.

Mas e aí? Já leram Os Flintstones Vol 2? Deixem suas opiniões nos comentários e até a próxima postagem!

Estudante de Administração, apaixonada por cinema e literatura. Leitora de quadrinhos há 6 anos. Fã dos personagens Batman, Arqueiro Verde, Questão, Monstro do Pântano, Mulher-Maravilha, Zatanna e Canário Negro e da equipe Novos Titãs.

Dora Sales

Estudante de Administração, apaixonada por cinema e literatura. Leitora de quadrinhos há 6 anos. Fã dos personagens Batman, Arqueiro Verde, Questão, Monstro do Pântano, Mulher-Maravilha, Zatanna e Canário Negro e da equipe Novos Titãs.