Marcella Maia | Conheça a atriz e modelo brasileira trans que interpretou uma Amazona em Mulher-Maravilha

Já imaginou fazer parte de um filme da DC? Seria um sonho realizado, não é mesmo? Que atire a primeira pedra quem nunca quis que isso acontecesse! Conversamos com a Marcella Maia, a atriz e modelo transexual brasileira que participou do filme Mulher-Maravilha. Ela falou com exclusividade sobre sua carreira, detalhes da produção e sua ligação com o universo DC Comics! Confira:

Fale um pouco sobre sua carreira, tanto como modelo quanto atriz. Seu início, principais trabalhos e experiências:

Bem, minha carreira aconteceu quando eu fui para o exterior há seis anos atrás como modelo, onde tive a oportunidade de trabalhar com marcas como Versace, Philipp Plein, Missoni e outras. Estrelei editoriais na Vogue Itália, Harper’s Bazaar, Elegant Mag, Vogue Brasil e outras revistas. Fiz alguns curta-metragens na Europa e no início do ano passado trabalhei com a Fergie e fui convidada para ser uma Amazona no longa-metragem da Mulher-Maravilha nos estúdios Warner em Londres.

Como você chegou até o elenco de Mulher-Maravilha? Houve algum teste de elenco coletivo para ser uma das Amazonas?

Então, foi super inesperado, mas existem sonhos na minha vida que já vinham me preparando ao longo do tempo e esse pode-se dizer que era um deles. Eu fui escolhida pelo porte atlético de guerreira segundo meu agente, já que o casting teve a aprovação por foto.

Para interpretar esse personagem, você teve que ter alguma preparação especial? Ler quadrinhos? Exercícios físicos intensos? Conte para nós sobre!

Não precisou, sou apaixonada por quadrinhos e leio até hoje . Como vocês sabem eu cresci em um ambiente onde eu era obrigada a gostar de coisas de meninos. Óbvio que esse conceito estava completamente errado pois hoje eu tenho outra visão. Realmente importa brincar de boneco ou boneca? Rosa ou azul? Enfim, Mulher-Maravilha, Superman, Lanterna Verde, Batman e outros clássicos da DC foram parte da minha infância e adolescência, como eu disse aqui em cima foi um sonho, e quando ele chega não tem pra onde correr, é a hora de ser um super-herói e não decepcionar o público e a si mesmo.

Você teve alguma relação próxima com a Gal Gadot e Patty Jenkins?

Nossa que energia as duas juntas transmitiam no set de filmagens, algo muito transcendente. A Patty Jenkins passava segurança para o elenco o tempo todo, a Gal é uma atriz muito profissional boa e dedicada, além de linda. Nas vezes que tive a oportunidade de me aproximar delas foram nas pausas de almoço que resultaram em algo sempre muito positivo.

Este slideshow necessita de JavaScript.

O fato de você ser brasileira bate em nós fãs da DC, um orgulho imenso de ter alguém das nossas terras em uma produção tão importante desse universo. O orgulho também se multiplica ao ver que uma transexual chegou tão longe, servindo de exemplo para outras pessoas que convivem e batalham diariamente contra o preconceito. Durante sua carreira, você foi alvo de algum momento não tão legal envolvendo sua escolha de gênero? E qual o recado você deixa hoje para o público LGBTQ?

Fico muito feliz por receber todo esse carinho, obrigada! Sim! Eu passei por algumas situações chatas, até hoje eu passo, claro que é menos direto, mas olha, antes eu me importava, hoje não me importo nem um pouco. Eu tenho muito orgulho da estrada que trilhei. A transexualidade é algo muito novo e eu tive a coragem de me assumir recentemente uma mulher transexual por uma questão de militância e posicionamento, mas concluindo, eu acho que nenhum ser humano falando em uma forma geral, deveria se explicar para poder ser aceito, o que importa é seu carácter, a sua pessoa, a sua essência, ninguém deve sair julgando ninguém por gênero sexual, social ou racial. Julgar não é legal !! O mundo é colorido e o público LGBTQ segue no meu coração.

A DC Comics tem uma vasta galeria de personagens. Tirando Mulher-Maravilha (por questões óbvias, afinal estou falando com uma amazona), você possui algum personagem favorito?

Sou suspeita para falar. Batman, Lanterna Verde, Superman… já deu para perceber que gosto do tema, vocês me pegaram!!!

Você estará em Mulher-Maravilha 2?

Confesso que seria bem legal, sem querer fazer mistério.

Para finalizar, deixe uma mensagem para seus fãs:

Antes de tudo, quero agradecer todo carinho de vocês e dizer que fazendo nossa parte podemos sim ser super-heróis, seja no nosso dia a dia, se policiando e tomando frente em situações de injustiça, que infelizmente estamos acostumados diariamente, devido ao país que vivemos, com tanta ignorância e maldade do ser humano, mas ninguém precisa compactuar com isso, não seremos passivos !!!! Estamos passando por uma era de mudanças, de voz e eu quero pedir para vocês que nunca se calem e sempre lutem por aquilo que acreditam, seus sonhos, suas ideias e por último seja bondoso ao próximo. Seu poder é a empatia que nos une, pois essa força que todos temos, é poderosíssima. O segredo para usá-la? É só alimentar a sementinha do bem. Amo vocês muito!!!

Obrigado pela entrevista, Marcella, e muito sucesso na sua carreira!

Estudante de Publicidade e Propaganda, Designer e Batmaníaco. Fã incondicional da DC Comics e pesquisador assíduo desse universo e todas as suas possibilidades de transformação.

Willyan Bertotto

Estudante de Publicidade e Propaganda, Designer e Batmaníaco. Fã incondicional da DC Comics e pesquisador assíduo desse universo e todas as suas possibilidades de transformação.