Batman vs Superman | Entre amor e ódio, produção segue como um divisor de águas para filmes de super-heróis

Já faz 2 anos desde o lançamento de Batman vs Superman e mesmo depois desse tempo, a internet segue debatendo a produção e dividindo opiniões. Alguns colocam o filme nos céus e outros criticam de forma negativa. A pergunta que fica é: Por que o debate em torno desse filme divide tanto as opiniões dos fãs?

Já adianto que não estou aqui para apresentar a opinião e o seu desejo de leitura. Mas prometo sensibilidade e sensatez sobre essa análise. Quando uma produção desse calibre é anunciada, a expectativa de sucesso é sempre alta, até porque Batman vs Superman apresentaria muitas coisas novas até então. O novo Batman interpretado por Ben Affleck, o início de um universo compartilhado (porque Man of Steel não foi planejado para um universo de compartilhado. Era apenas um filme de origem até então.), a apresentação de novos personagens como Lex Luthor e Mulher-Maravilha. Havia muita expectativa nessa produção, talvez a maior expectativa cinematográfica para um filme de herói até aquele momento. E para falar de Batman vs Superman, precisamos falar da Marvel, porque naquele mesmo ano haveria a estreia de Capitão América: Guerra Civil, e a produção da DC aconteceria antes. Ou seja, 2016 era o ano dos filmes de super-heróis.

A expectativa x realidade nessa produção ainda é proporcional. Zack Snyder, o cara de 1 trilhão de fãs, mostrou algo jamais visto em um filme de super-heróis. Uma abordagem completamente diferente da Marvel até então, era apresentada nos cinemas deixando alguns fãs eufóricos e ao mesmo tempo outros completamente enlouquecidos. “MARTHAAAA? Martha?É SÉRIO ISSO?” “ZNYGOD! I LOVE ZACK SNYDER”

Algo muito importante aqui: pessoas que odeiam e pessoas que amam algo ou alguma coisa sempre vão existir. O mundo funciona dessa forma e nós precisamos aprender a ouvir, assimilar, processar e desenvolver nossa própria opinião sobre isso. Batman vs Superman é um hibrído de desejo e devaneios. Desejo de ver algo diferente na abordagem de um filme de super-heróis, nada de piadas engraçadas, ou uma pegada colorida. Devaneio de acreditar que isso é algo fantástico ou horrível. Depois da estreia, começaram a surgir seres de todas as raças. Fãs xiita da DC, acreditando que seu ponto de vista é a verdade absoluta e fãs da Marvel que não aceitavam as opiniões sobre a abordagem de algo diferente no mercado. Mas o ponto principal dessa história é que Batman vs Superman tirou das sombras um público acoado. Um povo que vivia preso a uma trilogia de um único personagem, não acreditando que seria possível um filme que abordasse a interação de seus maiores super-heróis.Batman vs Superman tirou das sombras os fãs da DC.

A estreia desse filme trouxe de volta ao universo cinematográfico os fãs da DC. A Marvelmania cinematográfica sentiu o seu primeiro abalo ao ver sua principal rival adentrar ao mercado com o seu próprio universo de filmes. Esse é o ponto de vista do business e também o ponto de vista chave. A pegada comercial, o duelo de titãs de ambas as editoras, tudo isso obviamente reflete na sua base de fãs. E o diferente, o algo novo, sempre causa manifestação e divide opiniões, independentemente da sua qualidade.

Mas Batman vs Superman? É fracasso ou épico. É os dois caro leitor (a). Fracasso por comercialmente não atingir o tão sonhado 1 bilhão na bilheteria e ver que a Warner entregou uma produção totalmente picotada, diferente de sua versão estendida anunciada meses depois. Mas também é um épico, porque cá estamos nós, 2 anos após sua estreia debatendo os méritos e defeitos desse filme e o quanto ele foi importante para os fãs da editora. E será assim por 10, 20, 30 anos. Aguardamos então novas discussões sobre o tema e seguiremos incentivando em vocês a coisa mais importante e valiosa para um fã de quadrinhos, cinema e super-heróis: a opinião própria.

Estudante de Publicidade e Propaganda, Designer e Batmaníaco. Fã incondicional da DC Comics e pesquisador assíduo desse universo e todas as suas possibilidades de transformação.

Willyan Bertotto

Estudante de Publicidade e Propaganda, Designer e Batmaníaco. Fã incondicional da DC Comics e pesquisador assíduo desse universo e todas as suas possibilidades de transformação.